• Cabeçalho

UGA (Unidade de Ganhos de Autonomia)

A UGA (Unidade de Ganhos de Autonomia) insere-se numa das vertentes da Reabilitação Psicossocial denominada Reabilitação Residencial e direcionada para as atividades da vida diária, relações interpessoais, gestão terapêutica e gestão do orçamento doméstico.
 
A reabilitação é uma das fases do continuum de serviços necessários para que as pessoas com perturbações mentais possam, não só ultrapassar os sintomas patológicos, como também recuperar a sua dignidade e alcançar um nível de funcionamento que lhes permita participar na comunidade onde vivem. O objectivo deste processo, numa perspectiva holística, consiste em proporcionar uma resposta às necessidades globais da pessoa, quer no aspecto físico e psicológico, como familiar, profissional, educacional, económico e cultural, de modo a favorecer o máximo de autonomia e integração social.

Tem como principais objetivos:

  • Promover autonomia nas atividades básicas de vida diária;
  • Promover autonomia nas atividades instrumentais de vida diária;
  • Desenvolver competências psicossociais;
  • Sensibilizar a comunidade com vista à redução do estigma da doença mental.
  • Promover a qualidade de vida.


A UGA assume-se como uma Unidade de Vida Protegida em que se preconiza um serviço habitacional centrado no treino da autonomia e dirigido a pessoas com potencial para integrar um programa de reabilitação psicossocial, ou que não possuem alternativa residencial.



© Copyright 2020, Irmãs Hospitaleiras. Todos os direitos reservados.